Inaugurada a Academia Sporting na África do Sul

A presença do Sporting na África do Sul já se fazia sentir há algum tempo, mas faltava um passo importante: a Escola Academia Sporting de Rustemburgo foi inaugurada, hoje, numa cerimónia presidida pelo Presidente Bruno de Carvalho e que contou com a presença de vários empresários portugueses e sul-africanos, da Cônsul de Portugal na África do Sul, Luísa Fragoso, do presidente da Câmara de Rustemburgo, do comendador Ivo Cruz e de vários representantes de associações ‘leoninas’ de Joanesburgo e de Pretória.


“A abertura de mais esta Academia Sporting, aqui, é extremamente importante. Vai permitir a ligação dos miúdos à casa-mãe do Sporting, que não é uma escola normal porque foi lá que se formaram alguns dos melhores jogadores do Mundo”, começou por explicar Miguel Freitas, director da Academia de Rustemburgo, acrescentando que “foi também um momento importante a nível local porque as pessoas da comunidade sentem-se ligadas a Lisboa, a Portugal e a um Clube com a dimensão do Sporting”.


Para o Clube de Alvalade, a inauguração desta que é a primeira Escola Academia Sporting na África do Sul enquadra-se no plano de expansão das Academias ‘verde e brancas’ e representa a concretização de uma oportunidade de negócio. O Presidente Bruno de Carvalho e o vogal do Conselho Directivo, Luís Roque, aterraram ontem em Joanesburgo, dando início a uma viagem que se prolongará até amanhã, quinta-feira. Neste espaço de tempo, a comitiva ‘leonina’ não só inaugurou a EAS Rustemburgo e conviveu com os Sportinguistas da África do Sul, como estará atenta a novas oportunidades de negócio que possam surgir em território africano.


A identificação de jovens talentos, a difusão da marca Sporting na África do Sul e o aproveitamento de oportunidades de negócio são alguns dos objectivos desta Escola Academia Sporting Rustemburgo, que já se encontra em funcionamento desde Julho do ano passado e conta com cerca de 200 miúdos e seis treinadores. “Para o futebol da África do Sul é extremamente importante a presença do Sporting porque é um dos maiores Clubes do Mundo e é uma referência mundial na formação”, explicou Miguel Freitas.


Quem sabe nunca esquece e, porque formar os melhores do Mundo não é tarefa fácil, é preciso ensinar aqueles que vão treinar os jovens ‘leões’ de Rustemburgo. “Durante o último mês, tem havido um trabalho muito próximo de formação dos nossos treinadores, que se vai prolongar pelos próximos seis meses. O ‘know-how’ do Sporting é importante para este projecto, onde o Sporting trabalhou com o poder local para estar interligado com a sociedade, e sobre o qual existe a vontade de que possa alargar-se a Pretória e a Joanesburgo”, concluiu o director da Academia de Rustemburgo.

voltar a notícias

empresas parceiras