Um exemplo que se deve seguir de O a Z

Não foi em ponto mas foi a mais do que horas: o Sporting Clube de Portugal e a OZ Energia apresentaram num auditório Artur Agostinho muito bem composto uma parceria com o objectivo de contribuir para o desenvolvimento do desporto adaptado em Portugal, fruto também dos vários títulos internacionais conquistados no último ano e da proximidade com os Jogos Paralímpicos de 2016, no Rio de Janeiro.


Com a presença de várias individualidades, nomeadamente Ana Sofia Antunes, Secretária de Estado da Inclusão das Pessoas com Deficiência, a cerimónia teve início com um pequeno vídeo onde várias entidades elogiaram o exemplo e o contributo do Clube para o desenvolvimento do desporto adaptado no País, casos de José Serôdio, presidente do Instituto Nacional para a Reabilitação; Humberto Santos, líder do Comité Paralímpico de Portugal; e Augusto Baganha, antigo basquetebolista ‘leonino’ que assume hoje o Instituto Português do Desporto e da Juventude.


De seguida, foi apresentada a iniciativa ‘Adaptar para Integrar’, que visa apoiar as modalidades adaptadas ‘verde e brancas’ tendo por base valores como solidariedade, tolerância, fraternidade, integração e glória. “É um grande orgulho para a OZ Energia fazer esta parceria. Acreditamos que as empresas têm um papel determinante numa sociedade mais justa. Enquadra-se na nossa missão. Vamos estar sempre com as modalidades ligadas à inclusão e integradas nos bons hábitos de vida por se enquadrarem nas nossas responsabilidades sociais corporativas. Esperamos e temos a expectativa de que possa contribuir para uma melhoria significativa de qualidade de vida dos atletas”, comentou o presidente da OZ Energia, Emanuel Freitas.


“Hoje é uma data muito importante e de grande orgulho para o Sporting Clube de Portugal enquanto instituição que tem noção das suas responsabilidades. A OZ Energia tem sido um parceiro importante e juntou-se com grande rapidez a nós em mais esta iniciativa. Ficou evidente desde o início que criámos o gabinete de desporto adaptado não apenas para dizer que temos atletas magníficos que dão tudo o que têm mas também porque queremos um Clube que assume as suas responsabilidades e abraça as modalidades e o seu ecletismo. Os clubes devem deixar de ter medo desta missão social. Hoje já conseguimos saborear todo o trabalho do desporto adaptado e destes atletas magníficos – estamos a falar de mais de 180 pessoas que têm trazido uma glória imensa ao Sporting e a Portugal. Mas muito mais importante do que essa alegria e prazer, porque mais títulos e glória virão, é podermos partilhar esta aventura, experiência e sabedoria em conjunto: a inclusão é isso mesmo”, salientou Bruno de Carvalho, Presidente do Sporting.

voltar a notícias

empresas parceiras